Ofertas relativas à região de: Teresopólis / RJ
[0] itens
R$ 0,00

Quem somos

Os anos 50 eram cheios de promessas para o Brasil, para alguns era o país do futuro. Essa expectativa atraiu o comerciante Louis Lahoud. Com uma ideia de encontrar uma nova fonte de renda deixou a terra natal, o Líbano, para desembarcar em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Na chegada as terras brasileiras, não reencontrou apenas os familiares, mas aquela que viria ser a futura esposa, a dona Marcelle.

A história da Rede Regina inicia com seu Louis em um pequeno armazém com algumas prateleiras, enlatados e alguns sacos de arroz, farinha e feijão. Era um período difícil e, mesmo com muita vontade de empreender, o comerciante não conseguia para melhorar o negócio. Quando resolveu liquidar tudo e voltar para o Líbano, não encontrou apenas a solução, mas a grande visão de trabalho da empresa a partir daquele momento.

Ao fazer a promoção e deixar os preços mais acessíveis (para fechar o negócio), seu Luis duplicou, triplicou o número de clientes e pedidos até que começou a faltar mercadorias. Primeiro buscou abastecimento de diversos itens e, naquela época, já praticava uma gestão por categoria: se precisava vender massa tinha de vender molho para a macarronada ficar completa. A visão do empresário para nunca faltar a mercadoria, com política de bons preços para vender mais, conquistou os teresopolitanos.

CRESCIMENTO A transição, de um pequeno armazém para uma rede supermercadista ocorreude forma gradual, orgânica e sustentável. Os negócios e a família prosperaram, Louis e Marcelle tiveram três filhas, Regina, Denise e Natália que participam hoje ativamente dos negócios. O nome do supermercado foi, inclusive, uma homenagem à primogênita Regina.

A diretora de Recursos Humanos, Denise Lahoud, explica que “nossa rede é sinônimo de pioneirismo na região, alguns documentos se perderam com o tempo, mas ainda recordo de uma folha que continha uma solicitação de venda datada de 1955, há mais de 60 anos”.

A história do Regina continuou nos anos 60, com o armazém, situado na Rua 1o de Maio, bairro da Várzea, onde vendiam-se cereais em sacos, óleos e alguns enlatados, ainda no sistema de balcão. No início dos anos 70, através doresultado desse armazém, foi adquirido um terreno ao lado onde foi construído o Condomínio São Luís. O térreo do condomínio foi o cenário da primeira loja de autosserviço. Surgia assim o Regina supermercado.

Tão logo foi adquirido outro terreno, onde foi construído mais um condomínio com quatro andares, e abrigou-se um depósito de vendas e o escritório administrativo. Este depósito vendia itens para clientes de pequeno porte do interior de Teresópolis, além da venda direta no balcão e do abastecimento na loja da Rua 1o de Maio.

No final da década de 70 foi inaugurada a segunda loja. No térreo funcionava o autos serviço e no segundo andar uma loja de departamentos.

O sistema mantinha ainda a venda direta no balcão e por atacado. Os três andares acima eram utilizados como depósito.

CONTINUIDADE Em 26 de dezembro de 2001 o fundador da rede, Louis Lahoud, foi assaltado ao tentar entrar no banco, baleado e não resistiu, vindo a falecer. Com o falecimento trágico e repentino do seu fundador, as três filhas, Regina, Denise e Natália decidiram continuar com o negócio em respeito ao pai e logicamente aos mais de 200 funcionários, na época, em 2001.

Os genros Sérgio e Fernando uniram-se ao negócio. Hoje a empresa é constituída por três Lojas de Autosserviço, uma Loja de Departamentos, um Centro de Distribuição e uma Panificadora. Ao todo, as seis unidades contam com 324 colaboradores, resultado do sonho de seu Louis, que inspirou a família a continuar os negócios.

EVOLUÇÃO A Diretora Financeira da rede, Regina Lahoud Ramos, afirma que para manter o foco no crescimento, as estratégias de investimento e expansão foram pautadas na Missão e Visão da rede. “Ser referência na rede de supermercados da cidade, atuando com lojas modernas e agradáveis, priorizando sempre bons preços, qualidade, variedade e excelência no atendimento ao cliente”. Estes atributos foram fundamentais para o crescimento em um mercado extremamente competitivo.

Hoje, como uma rede, as vantagens para os clientes são inúmeras: melhores preços, política que sempre se manteve, qualidade dos produtos e maior variedade de itens. Com tudo isso foi necessário uma gestão mais eficiente dos recursos humanos, que garantiu assim um melhor atendimento aos clientes.